Bolog - O Blog da Bola, por Eugênio Leal


Mais arbitragem

O impedimento no gol anulado do Palmeiras era realmente difícil de marcar. Difícil: pró-São Paulo. O pênalti contra o Cruzeiro, vice-líder, foi menos que duvidoso. Inexistiu, mas foi marcado. E o tricolor paulista abre oito pontos na tabela.  



 Escrito por Eugênio Leal às 15h51 [] [envie esta mensagem] []






Joel perdeu e ganhou: empatou

Joel Santana ganhou e perdeu o clássico de ontem. Ganhou no primeiro tempo, quando montou um meio campo que se fez senhor das ações, impedindo o progresso botafoguense. O Flamengo mandou nos primeiros quarenta e cinco minutos e podia ter saído com a vitória assegurada.

 

Joel perdeu o jogo no segundo tempo quando, não sei exatamente com que propósito, tirou o surpreendente Toró para colocar Obina. Neste instante seu time deixou de comandar o meio campo e, logo em seguida, sofreu o gol de empate. O pênalti perdido poderia ter dado a vitória o rubro-negro. Mas Joel não merecia. Empatou consigo mesmo.

O Flamengo, ainda assim, vive sua melhor fase no campeonato e vai subir na tabela. Já o Botafogo começa a mostrar sinais de irregularidade. Não é mais o time que enchia os olhos no início do ano. Dodô ainda não se reencontrou após o caso de doping e agora Túlio é suspenso e não joga mais. Isso sem contar com a ausência de Luciano Almeida em seis jogos. Ta ficando estreito. Não acredito mais que o time brigue pelo título brasileiro. O objetivo agora deve ser a Libertadores.



 Escrito por Eugênio Leal às 14h23 [] [envie esta mensagem] []






Sem ilusões

O Fluminense teve uma boa atuação. Soube aproveitar as falhas do Inter e ganhou com méritos por 4 a 1. Temo, entretanto, que este placar mascare os problemas da equipe. O tricolor ainda é muito instável ofensivamente.

 

Acredito que a chegada de Gabriel auxilie, e muito, na parte criativa da equipe. Mas não sei se será o bastante. Como diz o meu parceiro Jorge Nunes, o time precisa de um “8” ou “10”.



 Escrito por Eugênio Leal às 14h22 [] [envie esta mensagem] []






Cinco a zero ?

Gaspar Cabral/ VIPCOMM

Acabei de ver o vídeo de São Paulo x Náutico. O tricolor paulista, sem dúvidas, mereceu vencer a partida. O Náutico foi para São Paulo para empatar e quando isso acontece a derrota é quase certa.

Mas a vitória são paulina só aconteceu no segundo tempo e , especialmente, após a expulsão de Acosta. O cartão vermelho do uruguaio saiu em meio a uma confusão no meio de campo em que Souza atingiu o árbitro com uma cotovelada. Mesmo que ele não quisesse acertar o juiz, merecia um cartão porque desferiu um duro golpe contra quem estivesse atrás. Por acaso era o árbitro, que "galinhou" e nem advertiu o atleta.

Logo depois da expulsão o São Paulo abriu o placar e, cinco minutos depois, de penalti, ampliou para dois a zero, abrindo a porteira.

O juiz, Wagner Tardelli, não errou. Tudo que ele marcou realmente existiu. O fato é exatamente este: contra o São Paulo são raríssimos os erros de arbitragem.



 Escrito por Eugênio Leal às 11h11 [] [envie esta mensagem] []






Vem recorde por aí

 

Que clássico teremos na quarta-feira!!! O Maraca vai termer. A torcida rubro-negra deu mais um show contra o Goiás e a do Botafogo deve ter recuperado a auto-estima depois de mais uma vitória.

 

Tecnicamente é um jogo imprevisível. O Flamengo, aos poucos, vai reencontrando o bom futebol. Tem hoje uma defesa mais sólida com Fábio Luciano e Rômulo e vem tocando bem a bola no ataque.

 

O Botafogo parece ter se recuperado dos maus momentos com o sangue novo de Reinaldo e Athirson e a volta de Zé Roberto. E precisa vencer para mostrar que ainda briga pelo título.

 

Podem anotar: teremos quebra de recorde de público quarta-feira!!!

 Escrito por Eugênio Leal às 00h45 [] [envie esta mensagem] []






Jogo horroroso

Não dá pra dizer que foi o pior jogo do campeonato porque este brasileirão está repleto de partidas de baixo nível. Mas Fluminense e Grêmio abusaram da boa vontade do torcedor na noite de sábado. O Grêmio ainda tinha como desculpa o fato de estar muito desfalcado, mas o Fluminense tinha suas principais figuras.

O resultado foi até justo (embora tenha sido obtido devido a um grave erro de arbitragem). O Fluminense em nennhum momento foi melhor do que o Grêmio. É verdade que a arbitragem foi madrasta com o time carioca. Primeiro marcou um pênalti estranho de Somália em cima de Marcel. Depois validou o gol ilegal de Patrício após toque de mão de Marcel, que tirou a bola das mãos do goleiro Fernando Henrique.

Paulo César Oliveira teve, então, atuação compatível com o jogo. Errou tanto quanto as equipes.

O goleiro com nome de ex-presidente foi o melhor em campo. Além de defender o penalti, fez duas ou três boas defesas. Nada demais, o que mostrou o péssimo nível do futebol apresentado no Maracnã. Deu sono!!! Não sei o que o Fluminense pretende com este time.

O piada veio depois do jogo. O presidente Roberto Horcades disse que ia reclamar com o Lula para ver se ele dava jeito na roubalheira da arbitragem. Nessa o cartola se superou!!!!



 Escrito por Eugênio Leal às 00h38 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 





BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Esportes, Música









 
 




UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
Rádio Tupi
Trivela
Federação Carioca
CBF
Conmebol
FIFA
Na Marca do Pênalti - Jorge Eduardo
Justiça Desportiva
 
 

Dê uma nota para meu blog